Full text: 6.1927,15.Okt.=Nr. 297 (1927029700)

16 4e Outubro de 1987 
A MAÇA 
FURnDfl 
A humanidade já teve phases aureas 
de originalidade, através das quaes o 
culto ao Bello e á Arte culminou sempre, 
mesmo em se tratando de assumptos ba- 
naes. no terra-a terra da existencia. Tu 
do se fazia num jogo floral de idealis 
mo, porque, todos fugiam á banalidade 
rançosa do trivial, tornando desfarte, 
por assim dizer, fluidicos e vaporosos os 
actos peculiares ao aprumo individual. 
Comia-se, bebia-se, dormia-se, tra 
balhava-se e fazia-se o resto como hoje; 
mas, que differcnça de mentalidades !... 
Era um festim permanente de Epicuro, 
dirigido por finos Petronila; e presidido 
por deuzes bemfazejos. 
Presentemente, o que vemos ? A 
nvtcaqueação mais ‘desavergonhada, 
mãos dadas á cru’a realidade dos ins- 
tinctos animaes ! Caminhamos para a 
época do socialismo canino, isto é, para 
a pratica, communista das scenas d’aprés 
mature ou ao ar livre, com seus espe 
ctáculos pouco edificantes. .. 
A scena que vamos narrar é authen- 
tica e pela veracidade, delia juramos a 
fé de S. Cornelio. 
— Doutor, não me escapa ! Tem que 
me furar desta vez ! Não seja máo... 
— Com muito prazer, senhorita. 
(Toma o cartão, empunha o alfi 
nete glorioso e vae para enterral-o, 
quando repara que o cartão já está todo 
inutilizado). 
- Senhorita, perdão. Mas, como 
quer que a fure, se já está toda furada ? 
— Toda não, doutor. Ainda resta 
um logar, aqui, bem no fundo... do car 
tão. Não serve ? ! 
E o Humberto enterrou o alfinete 
até a cabeça, e se mais mundo houvera, 
lá chegara. 
Depois, em conversa com um ami 
go que o acompanhava, d gajo disse: 
Qual nada. Nem aquelle canto 
estava virgem. Até pelo contrario, pa 
recia uma... estrada real de alfinetes! 
MENELAO 
Antes da epidemia do 
dia, que ora assola o Rio 
tornando-o quasi inhabita - 
vel, grassou aqui a moles 
tia do furo. Bandos de se 
nhoritas percorriam as ruas 
solicitando dos transeuntes 
que as furassem, isto é, fu 
rassem uns cartões de ca 
vação a beneficio disto e 
daquillo, cartões que se 
tornariam celebres e deter 
minaram muita indigestão 
de melindrosas desembara 
çadas. 
Na praça Marechal 
Floriano, uma linda, filha 
de Eva topa com o Hum 
berto e, lépida como uma 
corsa apresenta-lhe o clás 
sico cartãozinho : 
ff 
53E2
	        
© 2007 - | IAI SPK

Note to user

Dear user,

In response to current developments in the web technology used by the Goobi viewer, the software no longer supports your browser.

Please use one of the following browsers to display this page correctly.

Thank you.