Full text: 6.1927=Nr. 10 (1927000610)

- 45 - 
Novembro de 1927 
PELO MUNDO... 
Unidos e do Canadá, é um verdadeiro in 
ferno. O thermometro registrou trinta e tres 
graos abaixo de zero e o vento era tão 
forte que tivemos de nos deitar no chão 
para não sermos atirados pelo espaço. A 
altitude perturbou-nos de tal modo que mal 
tinhamos conhecimento do que faziamos. Se 
não tivéssemos al 
cançado o cume ■ * 
naquel’e dia, nun 
ca mais tentaría 
mos a proeza.» 
Os exploradores, 
depois de varias 
semanas de luta, 
acamparam num 
terreno cerca de 
8.000 pés acima 
do nivel do mar. 
Para subir os 
restantes 12.000 
pés, na distancia 
de 18 milhas, em 
pregaram exacta 
mente ti es sema 
nas, percorrendo 
um caminho cheio 
de ^aspeiezas e 
lutando com a 
neve e o frió. A 
descida foi ainda 
peor, sendo a 
distancia total de 
36 milhas vencida 
e m 44 dias. 
.Diz ainda o ca 
pitão Me. Carthy: 
«Durante a ar 
dua escalada á luz 
do sol da meia 
noite, soffremos 
terrive s . allucina- 
ções e aberrações 
mentaos. Emquan- 
to subíamos, com 
as idéas um pouco 
atrapalhadas por 
causa da altitude, 
víamos lindas ca 
sas de campo e 
risonhas fazendas, 
mas, com receio 
de cairmos no ri- 
uiculo e de ser- 
mos accusados de 
querer descansar o 
e ° r p o , ninguem 
mencionava o que 
> ua esperança 
dido na ascensão só nos deixavam coragem 
para abrir buracos na neve em que nos 
abrigássemos. 
Assim vivemos algumas semanas na tiri 
tante alvura dos campos gelados. Afinal, che 
gámos ao ponto culminante da nossa aven 
tura, a subida do mais alto pico do Monte 
.que os outros 
■ 
m 
-* ■». 
¡L 
o fizessem. 
Na subida fo 
mos estabelecendo 
Plenos acampa 
mentos, onde dei 
xavamos p"ovisões 
para a volta. Na descida, porém, vínhamos 
ec>m a cabeça tão perturbada que não nos 
1 mbravamos de utilizar o que tinhamos lar 
gado pelo caminho. Abandonámos tudo, sem 
nergia sufficiente para tentar salvar o ma 
teria]. J 
A altitude e o tremendo esforço dispen- 
Escalando os rochedos, a caminho dos picos gelados. Photographia tomada no Monte 
Assiniboni, nas rochas canadenses; no circulo : uma crista de neve. 
Logan. Tivemos de trepar por uma agu 
çada crista, em fórma de navalha, cujos 1 
flancos desciam perpendicularmente. 
D« repente, a crista transformava-se num 
perfeito triangulo de neve, de sessenta pés 
de largura. Era o cume do Monte Logan que 
os olhos do homem viam pela primeira vez.
	        
© 2007 - | IAI SPK
Waiting...

Note to user

Dear user,

In response to current developments in the web technology used by the Goobi viewer, the software no longer supports your browser.

Please use one of the following browsers to display this page correctly.

Thank you.