Full text: 1.1915,23.Jun.=Nr. 4 (1915000104)

SELECTA 
bandeiras brancas fluctuavam ainda diante de nós. 
Nem um tiro de espingarda tinha partido das po 
sições allemães. Chegavamos assim a trezentos me 
tros e passou pelos nossos regimentos dispersos o 
assobio tremulo e agudo dos .officiaes: a ordem de 
apertar as hleiras ! No mesmo instante uma formi 
dável crepitação estalou como um furacão a poucos 
passas a frente ; um corpo de tropas inimigas sahiu 
no mesmo momento contornando o lado esquerdo ; 
nós concentramos mais para a direita onde resta 
vam içadas outras bandeiras brancas ; e executamos, 
n’aquelles momentos de súbita desorientação, evo 
luções longas e febris. Mas quando nós passamos 
diante das novas trincheiras o mesmo brutal en 
gano nos esperava. Isso repetiu-se diversas vezes 
n’aquelle dia. Cahiram nas mãos do inimigo vinte 
mil homens. Foram feitos prisioneiros sem poder 
combater. 
Tive occasião de falar mais tarde com outros 
officiaes e surprehendeu-me uma observação d’elles 
sinceramente repetida : — Muitas vezes o nosso sol 
dado, nos assaltos á baioneta, evita inflingir ao ini 
migo ferimentos mortaes. « Porque, pobresinho — 
diz elle — devoferil-o gravemente? E em vez do 
ventre aponto para o braço ». 
Semelhante observação poderá fazer sorrir á mui 
tos, e eu não pensaria talvez em repetil-a si, com o 
conhecimento intimo da alma da gente russa, não 
me persuadisse que essa bondade pode ter uma 
espontanea e instinctiva origem e mesmo um serio 
valor.. O camponio russo tem um fundo de doce, 
ingenua e primitiva religiosidade; tem o espirito re- 
===== KH íü m = 
signado, o seu pensamento indolente gosta ás vezes 
de se demorar na contemplação de um mundo con 
fuso, irreal; o sonho tem uma grande parte na sua 
vida indolente e por isso o mugik revela sob as appa- 
rencias de seivageria e brutalidade, surprehendentes 
rasgos de bondade. Ha no seu caracter um indefini- 
vel misticismo: o desorientante mysticismo slavo. 
As guerras têm sempre marcado, na Russia, etapes 
da sua evolução interior. Somos testemunhas de urna 
das suas mais tormentosas crises da qual ella sahirá 
renovada e encaminhada para aperfeiçoamento ul 
terior. Voltam, então, á memoria as primeiras im 
pressões da chegada na Russia, d’essas impressões que 
deixam vestigio profundo na recordação pela maravi 
lha das novidades avistadas. Ñas salas dos buffets das 
estações imponentes onde os trens demoram longas 
horas, vimos desfilar typos pittorescos: popes de cabel 
los oleosos, cumpridos soltos nas costas; homens em 
brulhados em enormes pelliças que parecem saias ; 
senhores que traziam sobre o capote uma capa de 
pelle: agasalho siberiano. Era uma humanidade de 
formas pesadas e que se movia com lentidão. 
Toda a Russia está caracterisada n’essa impressão 
de vagar. Santa Russia 1 Antigo paiz de pastores 
asiáticos; novo centro de uma intellectualidade tor 
mentosa e impaciente, vehemente e delicada, frágil 
e nervosa. Toda a Russia velha e novíssima poz-se 
de accordo para combater n’essa guerra declarada 
«nacional». O Tzar uniu-se ao povo; hoje a ban 
deira russa explica essa symbolica fusão pois as aguias 
imperiaes collocarain-se entre as cores caras a todo o 
individuo slavo. Esses mezes de guerra foram apenas 
a iniciação para a grande prova. E amanhã essas 
massas esperarão a ordem de commando supremo 
para mover-se como irresistível maré. 
O MUNDO PITTORESCO 
m. 
A-., 
'M 
m 
N 
W, 
1 
\ 
BELGICA. — O lago do Amor, em Bruges, com o arco da ponte ( de Ia Frondière.
	        
© 2007 - | IAI SPK
Waiting...

Note to user

Dear user,

In response to current developments in the web technology used by the Goobi viewer, the software no longer supports your browser.

Please use one of the following browsers to display this page correctly.

Thank you.